Agricultura e a Ferronorte

24/06/2014 - Atualizado em 24/06/2014 16:42

 

Quando os cinco irmãos da família Bissoni vieram de Santa Catarina para se instalarem em Rondonópolis, o transporte da produção de grãos era quase que totalmente feito por rodovias, tanto que os catarinenses vieram justamente para oferecer o serviço de transporte rodoviário.

Segundo Glomir Bissoni, a produção agrícola era refém do frete, que era muito elevado, chegando a superar o preço de produção dos bens, a construção da Ferronorte trouxe grandes mudanças para a cultura agrícola do Mato Grosso. “Com a chegada da ferrovia, a produção agrícola do Mato Grosso teve uma grande alavancagem. A produção, nos últimos dez anos, vem crescendo em torno de 10% ao ano”, revela Glomir.

Bissoni utiliza a produção de milho como exemplo da melhoria que a Ferronorte representa na produção de grãos. “Para exportar o milho até o porto de Santos, Paranaguá, o frete por caminhão era mais caro que o próprio preço do produto, com a chegada do trem, (…) o frete ficou um pouquinho mais barato, (…) com isso aumentou, e muito, a produção de milho no estado do Mato Grosso”.

O Estado do Mato Grosso é o maior produtor de grãos do Brasil, maior produtor de soja, milho, algodão e carne bovina. E os 360 quilômetros de ferrovias da Ferronorte recebem a produção de todo o estado e a transporte até os principais portos do país.

Bissoni acredita que a Ferronorte só tem a colaborar com o Estado do Mato Grosso, e com isso o próprio Brasil. “ Com toda a infraestrutura da malha ferroviária e o apoio do governo estadual e federal, o Mato Grossotem muito a crescer e muito a contribuir com a nação”.

Ferronorte: ligando Santa Catarina ao Mato Grosso

Os irmão Bissoni vieram de Santa Catarina, planejavam ficar um tempo e voltar para o sul com algum dinheiro no bolso. “ A intenção nossa era vir pra Mato Grosso, trabalhar uns dez anos e voltar pro nosso cantinho lá, que é muito bom também, mas as raízes foram se fincando aqui, fomos bem recebidos, nosso grupo cresceu, e hoje a gente vai pra Santa Catarina pra passear só, nosso estado é aqui”.

Se gostou, compartilhe:

2017 - Todos os direitos reservados.