Hospital Regional de Cáceres

19/06/2014 - Atualizado em 24/06/2014 15:08

 

Em exame de rotina no início de 2013, dona Ana de Oliveira Caetano descobriu que tinha um nódulo, umas biopsia provou que se tratava de um câncer, dias depois ela foi operada. Hoje dona Ana tem 59 anos e vive bem em Cáceres, cidade onde nasceu. Todo o processo de combate ao câncer de dona Ana foi feito no Hospital Regional de Cáceres e com o acompanhamento do Dr. Eduardo Marques, cirurgião oncológico.

Hospital Regional de Cáceres

O Hospital Regional é vital para a região, por isso o investimento de grandes somas por parte do governo em aparelhagem e em pessoal. Além de 22 municípios da região, o hospital atende também bolivianos que cruzam a fronteira somente para buscar tratamento de qualidade.

Devidamente aparelhado, estruturado e com equipe capacitada, o Hospital efetua 150 mil atendimentos ao ano. Só a ala de oncologia, uma das especialidades, realiza 70 quimioterapia e 40 cirurgias todos os meses. “Nos temos aqui tomógrafos e mamógrafos. A gente consegue fazer as cirurgias aqui mesmo em Cáceres, sem ter que deslocar o paciente até o município de Cuiabá”, diz o Dr. Marques. O médico revela que com o apoio do governo o paciente tem a possibilidade de ficar em Cáceres, próximo da família e equipe médica. “ O sonho de qualquer profissional é ter condições para trabalhar(…)quando falta material fica difícil de trabalhar, o que não é caso aqui. Quando a gente solicita, somos atendidos”, conta Dr. Marques.

Curada e gozando de boa saúde, Dona Ana destaca a importância de um hospital bem aparelhado e acessível à população pode fazer em situações como a que ela viveu. “ Se não existisse o hospital de Cáceres, seria muito ruim, eu teria que deslocar para Cuiabá, e o câncer é uma doença que precisa ser tratada muito rapidamente”, conta dona Ana, que agradece diariamente a saúde e a possibilidade de poder sair para trabalhar.

Se gostou, compartilhe:

2018 - Todos os direitos reservados.