ProUni anuncia primeiros aprovados

16/06/2014 - Atualizado em 20/06/2014 9:22

MEC divulga a primeira lista do ProUni

MEC divulga a primeira lista do ProUni

 

O programa irá oferecer mais de 115 mil bolsas de estudos parciais e totais em universidades privadas do Brasil.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou ontem, domingo, a primeira chamada dos aprovados do Programa Universidade  para Todos (ProUni) do meio do ano. Para efetuar a matrícula, os alunos convocados tem até o dia 24 de junho para levar os documentos que atestem a renda familiar até as instituições de ensino em que foram pré-qualificados. Os documentos necessários podem ser verificados no site do ProUni.

Os alunos que não foram convocados não devem perder as esperanças. No dia 4 de julho o MEC fará nova chamada. Os aprovados neste segundo momento terão até o dia 11 de julho para formalizar a inscrição na instituição de ensino.

ProUni: segundo semestre 2014

O programa ofertou bolsas completas ou parciais para 115.101 vagas em 22.139 cursos oferecidos por 943 instituições privadas de ensino superior no país. Segundo o MEC, a oferta foi 28% maior que a do segundo semestre de 2013.

As bolsas de engenharia oferecidas se destacaram por quase duplicarem, em 2013 foram disponibilizadas 6.401 bolsas, este ano foram 12,362.  De acordo com o ministro Henrique Paim, esse aumento segue o crescimento das oportunidades de emprego nessa área, maior que nos outros setores.

O curso de administração é o com maior oferta, 12.168, seguido de direito, 7.887 e pedagogia, 7.725. Engenharia civil, curso visto como estratégico pelo governo, aparece em sexto, com 3.651 bolsas.

Bolsas em MT

Para o segundo semestre de 2014, as instituições do Estado do Mato Grosso ofereceram 1.402 bolsas de estudos para os alunos do ProUni .

Quem pode participar do ProUni

Para concorrer à uma bolsa, o estudante deve ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013, obtendo no mínimo 450 pontos na média geral das provas, e não ter zeradona redação. Além de comprovar renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio se quiser pleitear a bolsa integral. Para as parciais, a renda familiar pode ser de até três salários mínimos por pessoa.

Se gostou, compartilhe:

2017 - Todos os direitos reservados.