Uma Casa para todos em Mato Grosso

17/06/2014 - Atualizado em 24/06/2014 14:55

 

O sonho de todo brasileiro é ter uma casa própria, mas quem tem não imagina o que é não ter um teto, um tratamento de esgoto, água encanada ou até mesmo energia elétrica.

Em Mato Grosso, o governo do estado está realizando esse sonho para diversas famílias. A parceria com o programa Minha Casa Minha Vida, do Governo federal, deu origem ao Programa Tô em Casa, do Governo de Mato Grosso. Desde 2011, 20.505 famílias receberam as casas das mãos do governo.

E eles não ganharam essa casa, eles a conquistaram. O programa oferece subsídios às famílias com renda inferior a R$ 1.600, a faixa de renda do tipo I do programa. O governo paga por até 96% do valor das casas, e a família pagará prestações pequenas ao longo de 10 anos. A prestação nunca supera 5% da renda da família, o que no teto da faixa de renda do Tipo I dá R$ 80 por mês.

Por isso que a Dona Joana Paula de Arruda, aposentada, pode ser orgulhar e dizer “eu tô pagando o que é meu”. Ela que nasceu em Poconé, a 100 km de Cuiabá, e precisou tirar da roça o sustento, o alimento e a roupa, nunca imaginou que um dia pudesse ter a sua casa, o seu canto. E esse cantinho tem “dois quartos, um banheiro e uma cozinha”, tudo dentro de uma casa de cerca de 40 metros quadrados.

Dona Joana vive com seu filho Márcio Rogério Pinheiro, autônomo, que foi quem se cadastrou no programa e conta que o sorteio da família como um dos beneficiados mudou a sua realidade. “Quando chove não entra água na casa, que tá sempre limpa, porque na casa em que a gente morava parece que nunca ficava limpo, tava sempre sujo. Eu nunca imaginei que fosse morar numa casa com teto forrado e chão com piso”.

Governo do Mato Grosso: investindo no sonho da casa própria

O Governo já investiu 650 milhões no sonho das famílias mato-grossenses, e vai continuar investindo, pois o Governo quer que todos tenham a satisfação do Márcio e da dona Joana que tem “muito orgulho de morar no Mato Grosso, e com muita alegria no meu coração”.

Se gostou, compartilhe:

2017 - Todos os direitos reservados.